PT | EN

Step by Step

O projeto Step By Step pretende alcançar um upgrade dos níveis de competitividade e internacionalização no tecido empresarial português. Nesse pressuposto, o projeto propõe a dinamização de ações que permitam às empresas desenvolver boas práticas de inovação e explorar novos mercados externos, garantindo a progressão sustentável na cadeia de valor. O reforço de sinergias e a ativação de uma verdadeira rede de cooperação e colaboração entre os empresários nacionais afirmam-se como outras prioridades do Step by Step para aumentar a capacidade de produção de bens e serviços transacionáveis à escala global.
 
As ações previstas no projeto Step by Step estão claramente orientadas para a capacitação dos agentes empresariais portugueses, valorizando a transferência de conhecimento e a interação entre pares para assegurar a necessária valorização económica do conhecimento e a sua materialização em negócios com maiores índices exportadores e competitivos. Ao desenho de cada ação está inerente um grupo de métricas específicas que visam aferir o grau de evolução dos empresários e o seu alinhamento com a intenção de comercializar mais produtos e serviços para os mercados externos.
 
O Step by Step procura, pois, enquadrar a sua intervenção num conjunto de metas estratégicas relevantes para o tecido empresarial português, nomeadamente: promover o crescimento económico, melhorar o grau de competitividade, intensificar a presença das empresas portuguesas no mercado global e contribuir para o desenvolvimento sustentável das organizações. As pequenas e médias empresas nacionais constituem o principal destinatário deste projeto que procura contribuir ativamente para alcançar os objetivos da estratégia nacional de exportação.
 
Custo Total Elegível: 304.365,60€
Apoio Financeiro da EU: 258.710,76€
 
OBJETIVOS
 
O contexto global em que as empresas atuam hodiernamente deve ser considerado desde o primeiro momento. O Step by Step procura, assim, dotar os empresários nacionais de instrumentos e conhecimentos capazes de viabilizar a superação dos desafios e das barreiras de internacionalização. A operacionalização de uma rede de sinergias é outra meta do projeto que visa, desta forma, facilitar o aproveitamento de oportunidades de negócio despoletadas pela colaboração entre as organizações portuguesas.
 
OBJETIVOS OPERACIONAIS
  • Desenvolver ações de qualificação para empreendedores, empresas e quadros profissionais com baixos níveis de conhecimento na área de internacionalização;
  • Aumentar o número de empresas com quotas significativas de exportação e adequação dos produtos às necessidades dos mercados externos;
  • Apresentar e facilitar o acesso a novos mercados externos;
  • Melhorar a competitividade das empresas nacionais com ações de estímulo à inovação e ao desenvolvimento de estratégias de negócio globais; 
  • Promover a comunicação entre as empresas do Sistema Científico e Tecnológico Nacional e a deteção de novas oportunidades de negócios; 
  • Aproximar as empresas nacionais dos métodos alternativos para a captação de financiamento;
  • Integrar agentes empresariais em redes de cooperação e desenvolvimento compostas por entidades internacionais congéneres.
 
Logos