PT | EN

Prémio do Jovem Empreendedor encerra candidaturas a 15 de novembro

Cartaz%20horizontal
O 19º Prémio do Jovem Empreendedor está na reta final do período de candidaturas. Em disputa está um prémio avaliado em 30 mil euros que combina prize money com um conjunto de benefícios estratégicos cruciais para o desenvolvimento de uma startup. O galardão organizado pela ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários em conjunto com o IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional procura assim o sucessor da UpHill, startup que venceu a última edição com um inovador ecossistema de software dirigido a profissionais de saúde. As candidaturas encerram já no próximo dia 15 de novembro. 
 
O Prémio do Jovem Empreendedor distingue, apoia e promove empresas em fase de criação e/ou expansão de negócios. Trata-se de uma verdadeira plataforma indutora da criação e aceleração de novos negócios que, desde 1998, tem vindo a contribuir para a renovação do panorama empresarial português, lançando no mercado empresas disruptivas e com valor para aportar ao mercado. 
 
O vencedor da competição arrecada um prize money de 20 mil euros e um conjunto de benefícios de incubação, mentoring, formação e consultoria avaliados em 10 mil euros. Neste pack de vantagens incluem-se um ano de incubação numa estrutura da rede LINC – Centros de Incubação e Aceleração ANJE, uma inscrição numa formação avançada do plano FOCO - Formação e Competências ANJE, bem como serviços de mentoring e consultoria especializados para a otimização do modelo de negócio.
 
A participação no 19º Prémio do Jovem Empreendedor está aberta a cidadãos entre os 18 e os 35 anos, com projetos de criação ou expansão de empresas e que revelem espírito empreendedor, bem como referências académicas e profissionais de relevo para a dinamização do negócio proposto. Os candidatos devem preencher, até ao dia 15 de novembro, um plano de negócios que contemple os seguintes dados: informação pessoal; apresentação do negócio; análise do mercado; estudo económico e financeiro; amostragem da conta Estado e outros entes públicos; demonstração de resultados previsionais e balanços previsionais.
 
Recorde-se que o Prémio do Jovem Empreendedor consagrou na sua primeira edição a Critical Software, uma empresa da área das TIC sediada em Coimbra, mas que, em virtude dos serviços que presta à NASA, tem também escritório em Silicon Valley, na Califórnia. Ao longo destes anos, o galardão da ANJE distinguiu ainda projetos de negócio tão inovadores como Active Space Technologies, TopDox, Targetalent, Exogenus Therapeutics e UpHill.
 
 
06.11.2017