PT | EN

8 dicas para montar uma estratégia de Digital Content Marketing | Dicas do Formador #11

Dicas11
É unânime a consciência de que as empresas têm de ter uma presença digital, acompanhando as tendências de consumo de media do seu público-alvo. Essa presença digital não se resume a um simples website e deve ser alargada às redes sociais, aos blogs, aos fóruns e à comunicação via newsletters. Mais do que promover os seus produtos, a empresa deverá fazer parte do quotidiano dos seus consumidores, integrando a sua comunidade com uma proposta de valor intangível e comunicada pelos valores da marca e pelo seu posicionamento. 
 
A empresa pode estar registada em várias redes sociais, deter um sistema de registo de newsletter e apresentar um website muito otimizado, mas a geração de tráfego e interações (tão importantes numa estratégia de otimização de searching nos motores de busca) está dependente de conteúdos de qualidade, consistentes e orientados para as necessidades do público. O sucesso de uma comunicação digital depende da participação do consumidor no tráfego e nas interações. Para isso, é necessário conquistar o público com conteúdos de qualidade ou seja: desenvolver uma estratégia de content marketing orientada para o consumidor, capaz de gerar valor para a marca e aumentar os níveis de envolvimento, fidelização e recomendação.
 
Os departamentos de marketing das empresas estão cada vez mais a investir em produtores de conteúdos que sejam capazes de atrair leads e manter clientes envolvidos e comprometidos com a marca. Mas o que deve ter em conta na construção de uma estratégia de content marketing? Abaixo deixo oito dicas:
 
 
 
1. ENQUADRE A MARCA NOS DESAFIOS DIÁRIOS DO CLIENTE
Comunique para além do produto. Pense nos desafios quotidianos do cliente que estejam relacionados com o setor de atuação da marca e surpreenda-o com conteúdos que resolvam os seus problemas. Dicas de utilização, sugestões de atividades ou soluções para problemas comuns são alguns exemplos. Vai gerar valor para o cliente, valor no imaginário da marca e tráfego para o website ou interações nos perfis de social media, que se traduzem em SEO orgânico e aumento de alcance orgânico nas redes sociais;
 
2. MARQUE PRESENÇA NAS COMUNIDADES DIGITAIS CORRETAS
Esteja presente nos meios onde está o seu público-alvo, seja em redes sociais, blogs ou fóruns. Ative o product placement junto de influenciadores digitais (Vloggers ou instagrammers por exemplo) e assuma-se como parte integrante da comunidade.
 
3. ATIVE A COCRIAÇÃO DE VALOR 
Potencie os comentários do seu público-alvo. Apresente calls-to-action, pergunte-lhes diretamente a opinião e crie desafios que gerem novos conteúdos. Ative a partilha de experiências e de novos usos do produto. Além de envolver o público está também a potenciar novos conteúdos. Aproveite ainda e promova avaliações por parte dos clientes em plataformas de user generated content.
 
4. APOSTE EM NARRATIVAS EMOCIONAIS
Conte histórias e envolva o seu público com o imaginário da marca. Crie personagens, cenários e contextos, desperte as emoções na arte de contar ‘estórias’ e enquadre o seu produto de forma discreta nesses cenários.
 
5. NÃO SEJA DEMASIADO ÓBVIO
Não caia na tentação de estar sempre a promover os seus produtos. Crie uma relação emocional entre o cliente e os valores da marca.
 
6. SEJA CONSISTENTE
Adote uma calendarização consistente e permanente de produção de conteúdos. É preferível conteúdos curtos e frequentes.
 
7. NÃO ESQUEÇA AS TENDÊNCIAS
Aposte em conteúdos com fotografias, ative o upload de selfies com o produto, partilhe vídeos com tutoriais e organize jogos ou passatempos. As grandes tendências estão nas imagens, vídeos e gaming.
 
8. MONITORIZE OS RESULTADOS E ADAPTE
Monitorize todos os resultados da sua estratégia de conteúdos com as estatísticas de tráfego e interações, analise os indicadores de forma qualitativa e tire as devidas ilações. Aprenda com os erros e adapte-se constantemente.
 
SOBRE BEATRIZ CASAIS
Beatriz Casais é doutorada em Ciências Empresariais, na variante de Marketing e Estratégia, mestre em Marketing e licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação.  Com uma pós-graduação em Comunicação em Saúde também no seu histórico académico, Beatriz Casais é docente na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho.
 
NOTA: 
Este artigo foi desenvolvido no âmbito da rubrica "Dicas do Formador". Este segmento propõe-se a abordar temáticas relevantes em diferentes áreas da atividade empresarial, contando com o know-how e o contributo de formadores especializados e com provas dadas no mercado.
 
12.07.2017