PT | EN

ANJE inaugura centro de incubação na Póvoa

Shutterstock_75394564

A ANJE  inaugura amanhã, dia 20 de abril, o Centro de Incubação da Póvoa de Varzim (Rua Paulo Barreto, nº1), uma iniciativa conjunta com a autarquia local. A inauguração será precedida da assinatura formal do protocolo de colaboração entre a ANJE e a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, agendada para as 12h00, no âmbito do seminário "Apoio ao Investimento e Defesa do Consumidor". 

A nova infraestrutura da ANJE inclui nove espaços destinados à instalação de empresas e beneficiará de um conjunto de sinergias de apoio à iniciativa e ao desenvolvimento empresarial, decorrentes da rede nacional de incubação da associação. O espaço vem complementar um conjunto de 12 edifícios, distribuídos um pouco por todo o país: Porto (Centro de Incubação do Porto e Incubadora Portugal Global), Matosinhos, Maia, Trofa, Aveiro, Barcelos, Oeiras, Faro, Montalegre, Boticas e Ribeira de Pena. Ao todo, são agora perto de 200 os espaços para a instalação de empresas, 12 dos quais destinados a PME industriais. A estes números cumpre somar as inestimáveis possibilidades de incubação virtual. 
 
Com uma taxa de ocupação global na ordem dos 90%, os centros de incubação da ANJE acolhem sobretudo microempresas de serviços, promovidas, na sua maioria, por empreendedores com idades compreendidas entre os 30 e os 40 anos. Coordenados pela associação, em estreita parceria com os poderes locais, os centros de incubação da ANJE oferecem muito mais do que condições logísticas adequadas à instalação de negócios nascentes promovidos por jovens. Networking empresarial e institucional, formação, acompanhamento técnico, apoio administrativo, consultoria e apoio à gestão compõem a extensa lista de serviços complementares. 
 
De resto, através da incubação virtual - serviço que estará também associado ao novo centro da Póvoa de Varzim - a ANJE apoia empresas que, para além de envolverem poucos recursos humanos, desenvolvem atividades que não exigem, ou não justificam, o investimento em infraestruturas. Nestes casos, os centros de incubação servem de base física de negócios, funcionam como sede social e também como ponto de encontro entre empresários, clientes e parceiros, através da utilização dos serviços de secretariado, bem como de espaços comuns, de que são exemplo as salas de reuniões. 
 
A abrangência geográfica e o constante crescimento da rede de Centros de Incubação da ANJE afiguram-se igualmente como elementos distintivos dos seus serviços de incubação empresarial. Este processo dinâmico, de permanente expansão teve início em 1995, com a inauguração, na Maia e em Faro, das primeiras infraestruturas destinadas ao acolhimento de jovens empresas. Enquadrados nesta estratégia de alargamento, novos projetos, como este que será agora lançado na Póvoa de Varzim, estão presentemente a ser desenvolvidos pela associação, reforçando e descentralizando o apoio logístico fornecido pela ANJE aos jovens empreendedores portugueses. 
 
 
16.04.2012