PT | EN

Universidades de Aveiro, Minho e Porto unem esforços para caracterizar e melhorar condições do ecossistema empreendedor

Observatorioempreendedorismo

A Universidade de Aveiro, a Universidade do Minho (através da TecMinho) e a Universidade do Porto criaram o Observatório do Empreendedorismo. Este organismo pretende caracterizar os ecossistemas de empreendedores associados a cada uma das três instituições e proceder ao levantamento de dados que permitam conhecer a situação e melhorar práticas e políticas. Nesse sentido, as três universidades disponibilizaram um inquérito e precisam agora das respostas de empreendedores, investidores, docentes e estudantes. O documento está disponível para preenchimento até ao dia 5 de outubro.

Além de mapear as iniciativas de apoio ao empreendedorismo dinamizadas pelos beneficiários ao longo dos últimos anos, o Observatório tem também como objetivo aferir o impacto da Terceira Missão nas universidades participantes no estudo. Através da identificação de casos de sucesso e boas práticas que beneficiem o ecossistema empreendedor, tanto das universidades em geral como das startups em particular, esta recolha de informação vai permitir melhorar as ações de apoio aos empreendedores e ajudar a definir novas estratégias de desenvolvimento de negócios.

Os resultados deste inquérito estarão brevemente disponíveis online no site do projeto NOE – Noroeste Empreendedor. O Noroeste Empreendedor disponibiliza um conjunto de iniciativas, ferramentas e mecanismos para auscultar, validar, implementar e acelerar ideias de negócio com vista à criação de novas empresas na região noroeste de Portugal.

Os dados recolhidos no inquérito são confidenciais, sendo sempre tratados de forma agregada e nunca a nível individual. O inquérito está disponível para preenchimento até sexta-feira (dia 5 de outubro) aqui.

01.10.2018