PT | EN

Sport Lovers: Férias não são férias sem desporto e lazer

Destaque
As férias estão à porta, mas nem só de descanso, praia e sol é composto o programa de atividades para o período estival. A Sport Lovers, marca lançada pela Quarteto de Ideias, empresa associada da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, acrescenta desporto e lazer a esta equação representando marcas e construindo, gerindo e assessorando infraestruturas desportivas. O objetivo subjacente é claro: proporcionar aos clientes as melhores experiências nas áreas do desporto e lazer.
 
Sérgio Horta, Catarina Ferreira, Hugo Cunha e Liliana Nicolau são os business runners que fundaram o projeto. Desde setembro de 2016, a Sport Lovers já ergueu o PadeLovers Matosinhos e a Academia de Ténis João Couto. O primeiro projeto é um clube de padel indoor, sediado em Matosinhos junto a um conhecido centro comercial, que conta com dois campos premium e acolhe já uma comunidade relevante de praticantes. Já o Boavista Ténis - Academia de Ténis João Couto, junto ao Estádio do Bessa XXI, é gerido pela empresa e apresenta um complexo de quatro campos de ténis de terra batida, dois dos quais cobertos, acolhendo regularmente torneios sociais, oficiais e outros eventos.
 
Para o cofundador Sérgio Horta, a Sport Lovers diferencia-se da oferta existente no mercado na medida em que “apresenta uma proposta de valor profissional e focada no cliente, que é cada vez mais exigente. Estamos focados em proporcionar experiências de excelência a todos os níveis, disponibilizando os melhores produtos aos melhores preços. Atualmente, o nosso foco está nos desportos de raquetes e queremos que em cada aula de ténis ou de padel, em cada torneio, em cada simples aluguer de campo, em cada aquisição de material ou mesmo de infraestruturas desportivas, o cliente se sinta confiante e acompanhado”, complementa o empreendedor.
 
Paralelamente, o projeto integra representações de marcas desportivas, como são os casos da Yonex, Vairo e Eye Rackets, e presta serviços de consultoria para a obtenção de bolsas académicas e desportivas nos Estados Unidos da América. Desde o arranque de atividade, a Sport Lovers já foi responsável pela instalação e construção de mais de 30 campos dentro e fora de portas. Lisboa, Porto, Santarém, Ponte de Lima, Vila do Conde ou Viseu são algumas das geografias que contam com campos de padel instalados pela marca em Portugal. Fora de portas, o projeto associado da ANJE já foi responsável pela construção de infraestruturas desportivas em Courtai (Bélgica), Grass (Áustria), Grenoble, Lille ou Montpellier (França).
 
Destaque2
A expansão da Sport Lovers já está, por isso, em marcha nos mercados interno e global, existindo um planeamento com ações previstas a longo prazo. “Estamos num momento de consolidação dos nossos projetos, mas sempre atentos ao mercado e a novas oportunidades de negócio. Nos próximos meses queremos apostar no crescimento dos dois clubes desportivos que gerimos e no lançamento da nova época desportiva que se inicia em setembro. Continuaremos a apostar na venda de campos de padel e estamos, neste momento, a montar seis novas infraestruturas em Porto e Lisboa. No futuro, pretendemos também expandir as áreas de intervenção das marcas que representamos a nível nacional, espreitando novas oportunidades que possam surgir”, refere Sérgio Horta. 
 
No plano internacional, a empresa tem alvos prioritários definidos e projetos concretos para concluir no curto prazo.  “Estamos sobretudo focados no curto prazo e na exportação de campos de padel, sendo que até ao final do ano esperamos vender mais dez campos, dos quais seis estão já em fase de adjudicação para a Suíça”, afirma o empreendedor. “Temos também em marcha alguns protocolos com clubes de ténis e padel com os quais queremos partilhar experiências, quer ao nível da gestão quer ao nível do ensino, não estando excluída a possibilidade de serem formalizados intercâmbios num futuro próximo”, complementa o empreendedor.
 
BI DOS EMPREENDEDORES
 
Sérgio Horta tem 34 anos e é apaixonado pelo desporto. Há mais de dez anos a trabalhar neste setor como responsável de toda a atividade de uma marca desportiva e como gerente da Portugal Squash Colombo e da Academia de Ténis do Sport Club do Porto, o empreendedor é natural de Lisboa. Aliás foi em Lisboa que Sérgio Horta concluiu a sua licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial no Instituto Superior Técnico. 
 
Liliana Nicolau formou-se em Comunicação Audiovisual (Mestrado) pelo Instituto Politécnico do Porto e está ligada ao setor do desporto há alguns anos, tendo como especialidade as áreas de comunicação e marketing, a organização de eventos e a representação de marcas desportivas. 
 
Catarina Ferreira tem 31 anos e é formada em Educação Física e Desporto no ISMAI - Instituto Superior da Maia. Atualmente, a cofundadora do projeto é responsável pela administração e organização dos clubes e marcas envolvidos no projeto.
 
Hugo Cunha tem 30 anos de idade e é mestre em Educação Física e Desporto, tendo concluído a sua formação no ISMAI. Apaixonado por desporto, o cofundador tem no ténis a sua especialização de treino. Na SportLovers dedica-se à gestão das atividades desportivas associadas aos desportos de raquetes.
 
O QUE JÁ CONQUISTOU O PROJETO?
 
Além dos êxitos desportivos colecionados, fruto da participação das equipas do Boavista Ténis nos campeonatos regionais e nacionais de ténis, a marca Sport Lovers já colheu atenção de entidades parceiras relevantes no meio desportivo. A PadeLovers Matosinhos é parceira oficial da Federação Portuguesa de Padel, tendo já recebido um estágio do escalão sénior da seleção nacional, bem como um torneio oficial de categoria 5000 organizado em parceria com a referida federação. 
 
09.08.2017