PT | EN

Movelife: a tecnologia por trás dos rótulos da indústria alimentar

Movelife
Como seria se tivéssemos à disposição uma plataforma que nos fornece a informação nutricional de todas as refeições? A MoveLife surge como resposta a este desafio, enquanto projeto tecnológico pioneiro na indústria alimentar. Com crescimentos anuais na ordem dos três dígitos, o projeto que começou por receber a validação da ANJE - Associação Nacional de Ideias na sua fase mais embrionária (venceu o Concurso Nacional de Ideias da Associação em 2013) trabalha hoje com clientes de referência como: Cerealis, Grupo NATURA IMB HOTELS, Câmara Municipal de Mira, Doce Alto, Leitaria da Quinta do Paço, Colégio Anjos do Saber ou Colégio Valsassina . Hugo Silva, atual CEO da MoveLife, apresenta as soluções pioneiras e diferenciadas que continuam a destacar a empresa, sublinhando o potencial de inovação e negócio na área da restauração coletiva e da educação nutricional.
 
Sabemos que a MoveLife é um projeto diferente da ideia formulada em 2013. Quem está atento ao ecossistema, recorda certamente a Movelife como ideia de elevado potencial. O que mudou desde então?
 
A Movelife surge em 2013 com a ideia de criar um software que permitisse aos diversos estabelecimentos da restauração fazer face ao Regulamento (EU) n.º 1169/2011 – diploma que aprovou as novas regras de rotulagem dos alimentos. Com o apoio da Universidade Católica Portuguesa do Porto, a ideia foi ganhando forma e angariando prémios e distinções, como é o caso Concurso Nacional de Ideias ANJE. Mais tarde, no início de 2015, a Movelife é fundada como empresa, passando assim de um projeto de estudantes criativos para uma empresa com o objetivo de criar soluções para o setor alimentar.
 
Era necessário que o software correspondesse às exigências dos setores quer a nível de desenvolvimento de funcionalidades quer a nível visual, tornando-o “user frendly” e adaptado à realidade dos nossos clientes. Assim, durante o ano 2015, adquirimos nova imagem, novas funcionalidades e outras formas de informar e interagir com o cliente. Neste momento, a Movelife está no mercado com três grandes soluções para o canal HoReCa, a indústria alimentar e a restauração coletiva. 
 
Movelife2
Quais as funcionalidades da plataforma?
 
No setor HoReCa, a MoveLife dá resposta à legislação de forma prática e segura, com a criação de fichas técnicas, o cálculo do food cost e a produção de ementas com os alergénios (em diversos idiomas). Com capacidade de resposta nos formatos impresso e digital, viabilizamos ainda a produção de Qr-codes e impressão de rótulos para pré-embalados e take-away neste segmento.
 
Na indústria alimentar a plataforma permite disponibilizar fichas técnicas, catálogos de produtos digitais com Qr-code e rótulos alimentares com a informação estipulada e prevista na legislação. Na restauração coletiva, a MoveLife calcula automaticamente as necessidades diárias recomendadas, as capitações dos ingredientes por faixa etária (mediante o tipo de aplicação) e elabora ementas semanais e mensais.
 
Quais os targets que atualmente podem tirar partido das soluções Movelife?
 
A Movelife abrange todo o tipo de estabelecimento que venda ou confecione géneros alimentícios, ou seja, estamos a falar desde um restaurante tradicional, passando por pequenos produtores alimentares, até colégios, lares e centros de dia, hotéis ou Câmaras Municipais, agentes que são o nosso foco para 2018.
 
Quais os fatores diferenciadores do projeto relativamente a outras soluções?
 
Até hoje não temos conhecimento de qualquer concorrente, facto que nos leva a afirmar que fomos pioneiros no mercado nacional e Europeu, uma vez que temos imensas funcionalidades para além da identificação dos alergénios e da declaração nutricional. A ementa e o catálogo digital são dois exemplos disso mesmo, sendo soluções com uma grande aceitação por parte do nosso público-alvo.
 
Qual a estratégia de crescimento traçada para a MoveLife a longo prazo?
 
Os nossos clientes reconhecem- nos pelo desenvolvimento constante de funcionalidades que melhor se adaptem à realidade dos seus projetos. Um dos objetivos a longo prazo será, sem dúvida, a internacionalização da empresa para vários mercados externos. Para este ano, queremos consolidar o crescimento na área da restauração coletiva e lançar o projeto Movekids.
 
Movelife3
MOVEKIDS: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL DOS MAIS JOVENS É MISSÃO PARA 2018
 
Movelife apresenta uma estratégia reforçada junto dos clientes corporate, mas não subvaloriza a importância de trabalhar mais perto do público geral no âmbito da educação nutricional. Com presença em vários estabelecimentos de ensino a nível nacional, num trabalho que culmina com a elaboração de ementas semanais e mensais sob as recomendações da Direção-Geral de Saúde, a startup associada da ANJE prepara-se agora para dar um novo passo neste âmbito com o lançamento do MoveKids.
 
Assistimos hoje a uma preocupação crescente com a nutrição. O que falta fazer a este nível?
 
Primeiro é necessário que os próprios nutricionistas nos vejam como uma ferramenta de trabalho e não como concorrentes, pois a Movelife é também um software para nutricionistas e outros profissionais de saúde. Através do nosso software podemos ajudar os nutricionistas na criação de planos alimentares, com a disponibilização automática da informação sobre os alergénios e valores nutricionais aos seus utentes.
 
A par disso, estamos a dar os primeiros passos, juntamente com a nossa equipa de nutricionistas, na educação nutricional para crianças e adolescentes através do projeto Movekids. Esta iniciativa visa aumentar a consciencialização do que são alergénios e permitir assim que crianças e adolescentes façam as melhores escolhas para uma alimentação saudável, recorrendo ao semáforo nutricional que a MoveLife disponibiliza nos formatos papel ou digital (tablet ou smartphones).
11.01.2018