PT | EN

Novos apoios à internacionalização: juntos somos mais fortes!

Apoio

Apoiar as exportações e as ações de promoção internacional das empresas e produtos portugueses é o objetivo do novo concurso do Sistema de Incentivos à Qualificação de PME. A primeira fase de candidaturas já abriu e decorre até 31 de outubro. Trata-se de um concurso destinado a projetos conjuntos, que acaba também por estimular as parcerias e os consórcios com vista a uma intervenção mais assertiva além-fronteiras. Na totalidade, são disponibilizados 63 milhões de euros. 

Os projetos candidatos devem “visar a promoção da competitividade das empresas, designadamente a sua capacidade de resposta e presença ativa no mercado global, através do desenvolvimento de um programa estruturado de intervenção nas PME”, descreve o aviso para a apresentação de candidaturas no âmbito deste sistema de incentivos do QREN (aviso Nº 05/ SI / 2012). 
 
Assim sendo, serão alvo de apoio investimentos no domínio da promoção internacional das empresas que pretendam reforçar a sua competitividade, bem como conquistar uma maior orientação do produto interno para a procura externa. O documento especifica mesmo que os projetos conjuntos de internacionalização devem centrar-se em “ações de promoção internacional, tendo por objetivo o aumento do volume de negócios das empresas no exterior em resultado do esforço promocional e do aumento da sua competitividade”. 
 
Para além das ações realizadas fora do país, poderão também ser apoiadas iniciativas dirigidas a visitantes profissionais (potenciais importadores) realizadas em Portugal. Ou seja, atividades que tenham por objetivo a valorização da oferta nacional junto de players e mercados internacionais.
 
Que entidades se podem juntar para beneficiar destes incentivos? 
 
Podem candidatar-se a este concurso consórcios formados por empresas, associações empresariais, entidades do Sistema Científico e Tecnológico e entidades públicas com competências específicas dirigidas a PME. Juntam-se também a este grupo as empresas organizadoras de feiras e congressos, que por essa via promovem atividades dirigidas ao mercado internacional, impulsionando as exportações e a presença das empresas portuguesas nos mercados estrangeiros. 
 
Refira-se, a propósito, que a ANJE encontra-se a preparar uma candidatura conjunta no âmbito do projeto Get Out. A associação visa elaborar um plano de ação com o objetivo de apoiar o processo de internacionalização de um grupo de PME que a ela se associe, privilegiando mercados e públicos definidos como estratégicos. As empresas interessadas em obter informações adicionais sobre esta candidatura podem fazê-lo online ou através do e-mail internacional@anje.pt.  
 
Paralelamente, a ANJE está igualmente disponível para acompanhar a elaboração de outras candidaturas conjuntas. Neste caso, os empreendedores poderão contactar os profissionais da Loja do Empreendedor através do Balcão Virtual de Atendimento, dando conta dos seus objetivos específicos e necessidades. 
 
Este concurso divide-se em duas fases. A primeira, cujo período de candidaturas termina no dia 31 de outubro deste ano, tem disponíveis 28,750 milhões de euros e considera as ações cujas despesas se realizem até 31 de dezembro de 2013. A segunda fase, com uma dotação de 34,250 milhões de euros, tem início a 22 de abril de 2013 e termina a 15 de julho do mesmo ano, apoiando ações com despesas realizadas até 30 de junho de 2015.
 
02.08.2012