PT | EN

Nova corrida ao galardão mais antigo do país

%2314_pje

O mais antigo galardão de empreendedorismo em Portugal prepara-se para apoiar e promover um novo projeto empresarial. As candidaturas à 15ª edição do Prémio do Jovem Empreendedor decorrem até 31 de agosto, pelo que a ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários está já em busca da startup sucessora da Bn’ML – Behavioral & Molecular Lab, que acaba de arrecadar o galardão, com a sua inovadora solução de investigação farmacêutica de doenças neurológicas. 

Distinguir, apoiar e promover empresas em fase de criação e/ou expansão de negócios são os propósitos do Prémio do Jovem Empreendedor, cujo valor global é de 30 mil euros. Para além de um prize money de 20 mil euros, a aplicar no desenvolvimento do projeto (distribuído em partes iguais pelos promotores e incorporado no capital social da empresa), o vencedor acede a um conjunto integrado de apoios no valor adicional de 10 mil euros. Aqui se inclui um ano de incubação, suporte promocional, oferta de uma pós-graduação e ainda acesso a instrumentos e programas de incentivo financeiro e de suporte da atividade empresarial.
 
Apoiado pelo IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Prémio do Jovem Empreendedor está aberto a cidadãos entre os 18 e os 35 anos, bastando para tanto que estes apresentem projetos com os seguintes requisitos: exequibilidade financeira, adequação ao mercado, carácter inovador e credibilidade das referências académicas e/ou profissionais dos seus promotores. 
 
Criado em 1998, o Prémio do Jovem Empreendedor tem, desde então, vindo a contribuir para a renovação do panorama empresarial português, através do lançamento no mercado inovadoras startups e PME. Na primeira edição, o Prémio do Jovem Empreendedor consagrou a Critical Software, uma empresa da área das TIC sediada em Coimbra mas que, em virtude dos serviços que presta à NASA, tem também escritório em Silicon Valley, na Califórnia, EUA. Ao longo destes anos, o galardão distinguiu ainda projetos de negócio tão inovadores como Central Casa, Stab Biotec, Crioestaminal, Biosurfit e, mais recentemente, as promissoras empresas Active Space Technologies, Master Blank, CreativeBitBox, Acellera Therapeutics e Medbone.
 
Os candidatos devem preencher um plano de negócios que contemple os seguintes dados: informação pessoal; apresentação do negócio; análise do mercado; aplicação económico-financeira; amostragem da conta Estado e outros entes públicos; cálculo de resultados previsionais; e balanços previsionais. 
 
 
 
15.07.2013