PT | EN

Internacionalização: quais as apostas do novo ano?

Amb2

A contração do mercado interno e as dificuldades previstas para 2013 reforçam a importância da internacionalização enquanto alternativa à sobrevivência de muitas empresas nacionais. O plano de internacionalização empresarial da ANJE continuará a apostar nos mercados lusófonos, beneficiando da rede transatlântica de jovens empresários que a associação integra e dinamiza. Os pontos altos deste novo ano serão o Congresso do Empreendedor Lusófono, desta feita em Angola, e as iniciativas Made in Portugal Expo 2013 e EEI - Encontro de Empresários e Investidores, ambas agendadas para abril, no Brasil.  

A ANJE será parceira destes dois eventos promovidos pela Câmara de Comércio Brasil Portugal Paraná, os quais contam com a chancela do Comissariado-Geral Português para as Comemorações do Ano de Portugal no Brasil e, nesse pressuposto, integram o programa oficial dessas mesmas comemorações. 
 
A decorrer entre os dias 9 e 12 de abril do próximo ano, o evento Made in Portugal Expo 2013 será uma montra multissetorial, onde empresas portuguesas de todos os setores de atividade terão a possibilidade de expor e promover os seus produtos junto de potenciais importadores e parceiros da região sul do Brasil, bem como, numa perspetiva mais lata, do Mercosul. Complementarmente, o Encontro de Empresários e Investidores será sobretudo um momento de informação e networking, que visa contribuir para o incremento de negócios entre portugueses e brasileiros. 
 
Uma outra oportunidade privilegiada para o fomento das relações empresariais entre os países da CPLP acontecerá em Luanda, aquando do III Congresso do Empreendedor Lusófono. Depois de Portugal (Porto) e do Brasil (Vitória), será a vez de Angola acolher o evento. A ANJE será uma vez mais coorganizadora, depositando elevadas expectativas num congresso que reunirá centenas de empresários, dos vários países da Lusofonia, num mercado que se afigura cada vez mais atrativo para as empresas portuguesas. 
 
Moçambique e China complementam programa de internacionalização 
 
Estão ainda previstas, no plano de internacionalização empresarial da ANJE, missões a Moçambique e à China, sendo uma vez mais de destacar relativamente a este último mercado os contactos em Macau. A associação continuará, deste modo, a apostar na lusofonia, tirando máximo proveito da colaboração de uma plataforma internacional de networking, liderada pela própria ANJE. Plataforma essa que se materializa numa rede de dimensão transatlântica e âmbito multidisciplinar, direcionada para o fomento, a facilitação e o acompanhamento dos negócios no espaço da língua portuguesa.
 
Resultante de um acordo firmado em 2011 com as diversas associações de jovens empresários Estados-membros da CPLP, este projeto prevê uma colaboração a diversos níveis e o compromisso de “informar os mercados dos países lusófonos de oportunidades de negócio, de cooperação e de apoio à internacionalização”, “promover um sistema regular de troca de informação e de apoio ao empreendedorismo”, “procurar parcerias estratégicas para a cooperação empresarial em novos mercados” e “organizar encontros promotores de empreendedorismo e ações de formação e networking”. Aqui se enquadram as missões empresariais, mas também iniciativas do foro informativo, nomeadamente workshops versando sobre as oportunidades, os apoios e as especificidades dos diversos mercados. Informações adicionais através do e-mail internacional@anje.pt.  
 
20.12.2012