PT | EN

iClimate Adviser: a previsão meteorológica que ajuda as empresas a lucrarem

Destaque
As previsões do clima para amanhã mostram chuva no site, mas no telemóvel o resultado é diferente. Quem já passou por esta situação? É provável que já lhe tenha acontecido, mas a iClimate Adviser tem a solução para acabar com as suas dúvidas. A startup tecnológica acelerou para o mercado no Startup Porto Accelerator, programa desenhado pela ANJE e o INESC TEC, e desenvolveu uma solução que combina dados, previsões atmosféricas e padrões climáticos num novo algoritmo, que fornece previsões meteorológicas de curto, médio e longo prazo mais fiáveis. Mais do que um instrumento de previsão, a startup pretende ser um agente de suporte à decisão dos gestores nas várias áreas de negócio, fornecendo indicadores que permitem tomar decisões mais conscientes e acertadas na gestão diária e estratégica de operações e garantem maior rentabilidade e menor desperdício nas empresas.
 
Qual foi a história e o motivo que levaram à criação da iClimate Adviser?
 
O clima foi uma paixão desde muito cedo e temos assistido a alterações dramáticas no comportamento do padrão climático das estações do ano. Adicionalmente assistimos a uma preparação inadequada em termos de reação. Sentimos, no contacto com as empresas, entidades e pessoas, que existe falta de apoio e aconselhamento nas decisões que têm de ser tomadas face ao clima.
 
Neste contexto e com o conhecimento na área de climatologia e meteorologia, surgiu a ideia de disponibilizarmos o conhecimento climático e de previsão ao serviço de quem necessita e adaptá-lo de uma forma simples, clara e atempada. Tudo isto tendo como prioridade as áreas mais sensíveis e influenciadas pelas condições atmosféricas: municípios, proteção civil, agricultura, seguradoras, turismo, construção e lazer (desporto).
 
De que forma a iClimate Adviser se diferencia da oferta existente no mercado?
 
O mercado apresenta, hoje, várias soluções de previsão de cinco a dez dias, sendo que grande parte delas usam o mesmo modelo de previsão. De referir que, devido à variabilidade dos modelos de previsão numérica, cuja atualização ocorre de seis em seis horas, recebemos a informação de previsão do mesmo modelo, mas de instantes ou simulações diferentes sobre o mesmo período e com previsões díspares. A iClimate Adviser aposta nas previsões de médio e longo prazo baseadas na correlação de teleconexões e padrões climatológicos.
 
Adicionalmente, dotámos estes mapas de previsão com informação de relevo para cada uma das indústrias ou dos serviços envolvidos, através do fornecimento de informação baseada em Business Weather Analytics ou indicadores úteis para a tomada de decisão ou ação. Para um cliente, saber de antemão estes detalhes pode significar uma poupança ou um rendimento de valor acrescentado enorme. Existem indicadores para atividades nos mais diversos ramos de negócio e, mais do que mostrar a previsão do tempo, a iClimate Adviser fornece um plano de indicadores para cada tipo de negócio com antecipação de cinco, dez, 30 ou 120 dias.
 
Como é que a iClimate Adviser garante maior fiabilidade nas previsões meteorológicas?
 
A iClimate Adviser quer fornecer mais do que previsões, sendo um instrumento de suporte à gestão próximo e que fornece indicadores para negócios e atividades baseados em dados, previsões atmosféricas e padrões climáticos. A iClimate Adviser detém também um novo algoritmo para previsões a médio e longo prazo desenvolvido e baseado no conhecimento, através do uso de um conjunto de competências e da experiência de observação adquiridos ao longo de várias décadas e desenvolvidas na empresa.
 
Mais do que saber o estado do tempo, a iClimate Adviser permite saber e decidir o que fazer de uma forma proativa, antecipada, simples e objetiva. Estamos atualmente a otimizar um sistema que relaciona o estudo e a previsão do comportamento atmosférico e a correlação dos padrões climáticos com as várias atividades económicas.
 
Em que estado se encontra o produto neste momento?
 
A nossa opção é introduzir os produtos o mais rapidamente no mercado para que estes possam ir de encontro às necessidades do cliente. Para as autarquias, segmento em que contamos já com mais de sete clientes, esperamos, durante os próximos dois anos, que o produto possa vir a ser substancialmente melhorado e otimizado. No mercado de agricultura, lazer (golfe e vela) e construção fechamos diversas parcerias pelo que estamos numa fase de testes-piloto e validação.
 
Qual a importância que a ANJE e o INESC TEC tiveram no desenvolvimento do projeto através da experiência no Startup Porto Accelerator?
 
O SPA – Startup Porto Accelerator foi um acelerador extremamente útil e relevante. Desde a mentoria ao processo de consolidação e materialização do projeto, passando pelos desafios institucionais e organizativos na criação da empresa, o SPA ajudou imenso a mitigar receios na colocação em prática da ideia de negócio. Durante o acelerador reforçámos competências, conhecimentos e qualidades imprescindíveis para levar a bom porto um projeto empresarial.
 
Breve2
CARTEIRA DE CLIENTES DEVE EXPANDIR EM 50% ATÉ AO FINAL DE 2018
 
O ADN da iClimate Adviser é global desde o primeiro dia da experiência de aceleração no SPA – Startup Porto Accelerator, mas a empresa tecnológica vê, em Portugal, o mercado ideal para consolidar e afinar o seu produto. A primeira venda da startup aconteceu já no curso de 2018, mas as previsões relativas à faturação e à carteira de clientes são positivas e antecipam uma expansão que deverá conhecer crescimentos significativos nos indicadores de performance do negócio já a partir do próximo ano.
 
Quais as perspetivas até ao final de 2018 no que à carteira de clientes diz respeito?
 
Já contamos com vários clientes em diferentes setores de atividade e prevemos aumentar e diversificar a carteira dos mesmos até ao final deste ano em mais de 50%.
 
A internacionalização é uma prioridade ou pensam nos mercados externos depois de estabilizar a base de clientes em Portugal?
 
Um dos objetivos desde o arranque do projeto é a internacionalização, isto porque o nosso produto/serviço é facilmente escalável ao nível internacional. Contudo, consideramos Portugal o mercado ideal para testar e consolidar as diferentes soluções do produto/serviço da iClimate Adviser, através de uma base de clientes que nos permitirá dar o salto além-fronteiras.
 
Quais as previsões de faturação para o final deste ano? Já têm alguma meta estabelecida para 2019?
 
Apesar de termos iniciado conversações com entidades já no final de 2017, a primeira venda ocorreu em 2018. Para este ano os objetivos ainda são comedidos e estão balizados na ordem dos 50 mil euros de faturação. No próximo ano esperamos que este valor triplique e chegue aos 150 mil euros.
11.06.2018