PT | EN

As #businessrunners ANJE na Web Summit: conheça a experiência de Mafalda Patrício

Imagem_post_facebook
A ANJE sorteou quatro bilhetes para a Web Summit na sua comunidade de empresárias associadas, incubadas e que frequentaram programas de aceleração. Terminado o certame, desafiámos as nossas #businessrunners a partilhar mais sobre a experiência vivida nas quatro jornadas do evento.Mafalda Patrício é associada da ANJE, Chief of Commercial Officer na Baby Sisters e a segunda empresária a partilhar a sua visão da Web Summit.
 
A #businessrunner ANJE está encarregue de todo o planeamento, a gestão e o desenvolvimento da área comercial desta startup que se distingue de muitas outras empresas de animação infantil, pois não oferece apenas serviços baby sitting a particulares como está também presente também em eventos corporate e non-corporate. Vamos então perceber a importância da Web Summit para a Mafalda Patrício e a Baby Sisters.
 
1. O que é que que torna a Web Summit única e diferente de todos os eventos em que já esteve?

A Web Summit dá-nos a oportunidade de fazer networking e estar a par das mais recentes novidades no mundo empresarial, com grande foco na tecnologia e no empreendedorismo.
 
2. Qual a maior aprendizagem que retirou desta experiência?
 
Ficar a par das maiores novidades no mundo do marketing, uma área que me interessa bastante, assim como de outros tópicos da atualidade. 
 
3. Se pudesse escolher um dos palcos da Web Summit para estar como oradora qual seria? Porquê?
 
PandaConf ou CryptoConf. Escolhia um destes dois por diferentes motivos. Por um lado, a PandaConf está relacionada com a área do marketing, que atualmente me interessa bastante para futuro profissional. Por outro, a CryptoConf fala de um tópico bastante atual e sobre o qual muitos de nós ainda não sabem muito: cripto moedas. 
 
4. Como descreve a importância desta experiência para a sua evolução como #businessrunner num parágrafo? 
 
A participação na Web Summit permitiu-me ficar a par das novidades e tendências de cada área, particularmente daquelas que me interessam mais ou sobre as quais gostaria de aprofundar conhecimentos. Para além disto, fiquei com a clara sensação que a Web Summit é uma oportunidade para “abusar do networking” e tentar obter financiamento. É principalmente para estas vertentes que o evento pode ser muito útil.
 
26.11.2018