PT | EN

ANJE assume vice-presidência da YES For Europe em 2019

Yes_for_europe
A ANJE assume a vice-presidência da YES for Europe – European Confederation of Young Entrepreneurs (Confederação Europeia de Jovens Empreendedores) em 2019. José Campos e Matos, Diretor Nacional da Associação, será o vice-presidente de uma nova direção que vai tomar posse em janeiro do próximo ano. Trata-se de um importante passo na afirmação da Associação Nacional de Jovens Empresários enquanto player com ligação aos hubs empreendedores de referência na Europa.
 
A última assembleia-geral da YES For Europe decorreu no início deste mês na Sede Nacional da ANJE, no Porto, e abriu a décima edição da EYEC – European Young Entrepreneur Conference realizada na Alfandega do Porto. O encontro serviu, não só para realizar um balanço ao mandato executado pela direção liderada por Mikel Beroiz Rosino, atual presidente da YES For Europe, mas também para traçar o futuro deste organismo. Durante a assembleia, foi determinado que o próximo mandato será executado por uma direção liderada por Benjamin Knofler, Secretário Geral da BVMW - Bundesverband mittelständische Wirtschaft, e que terá José Campos e Matos, Diretor Nacional da ANJE, como Vice-Presidente. 
 
José Campos e Matos, Diretor Nacional da ANJE e próximo Vice-Presidente da YES For Europe, revela a importância da integração da Associação no organismo Europeu. “A ANJE está profundamente comprometida com a YES For Europe, pois acreditamos que a organização tem um papel ativo e relevante na evolução do ecossistema empreendedor europeu. A prioridade de ação da ANJE no organismo será continuar o trabalho de aproximação da dinâmica europeia à realidade do ecossistema americano a diferentes níveis. Falamos nomeadamente na educação, na transferência de conhecimento, na mobilidade de recursos e talento e no investimento, pois estes fatores são cruciais para acelerar o processo de expansão e scaleup dos negócios", complementa o responsável.
 
“O desafio é complexo, mas abraçamos esta oportunidade com a crença de que será possível demonstrar a capacidade operacional da rede YES For Europe para influenciar as diferentes sociedades, bem como os centros de decisão do espaço europeu”, complementa José Campos e Matos.
 
O projeto Yes for Europe surgiu em 1988 como resposta às mudanças que o Ato Único introduziu na Europa. Contudo, só em 1991 é institucionalizada a Confederação Europeia de Jovens Empresários, que integra hoje as principais associações de empreendedorismo jovem de 12 dos 28 Estados-membros da União Europeia (Bulgária, Chipre, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Polónia, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido) e ainda de países como a Albânia e a Turquia. Associações da Rússia, Arménia e da Geórgia são, por seu turno, membros afiliados. No total, a YES for Europe representa mais de 50.000 jovens empreendedores europeus.
 
Sediada em Bruxelas, a YES for Europe é hoje a maior confederação europeia de jovens empresários. Tem como principais propósitos disseminar o espírito empreendedor na Europa, apoiar a iniciativa empresarial da juventude europeia, promover relações e parcerias entre jovens empresários europeus, colaborar com as entidades comunitárias na criação de um ambiente business amigável na União Europeia e dinamizar a partilha de know-how entre associados. Tudo isto tendo em vista uma Europa mais empreendedora, com mais empresas e emprego. 
 
A ANJE é uma associação de direito privado e utilidade pública que tem por objeto a representação dos jovens empresários portugueses, com vista à satisfação de interesses comuns e à dinamização das suas empresas. Criada em 1986, a ANJE desenvolve atividades fundamentalmente nas áreas da formação, do apoio ao empreendedorismo, da incubação/aceleração de empresas e do associativismo empresarial.
  
Em mais de 30 anos de atividade, a ANJE ganhou notoriedade na defesa dos interesses dos jovens empresários, na promoção pública do empreendedorismo e no apoio à criação de empresas. De tal forma que a Associação tem o estatuto de membro do Conselho Económico e Social, sendo chamada a pronunciar-se sobre as grandes questões socioeconómicas do país, e foi distinguida pela Presidência da República com a Ordem do Mérito. É considerada pioneira na promoção do empreendedorismo em Portugal.  
 
28.12.2018