PT | EN

A moda nacional na “timeline” do Portugal Fashion

Felipeoliveirabaptista_064

“Timeline” foi o tema do 31.º Portugal Fashion. Nesta edição, os eventos sucederam-se num registo cronológico longo, senão mesmo vertiginoso. Uma linha do tempo estendeu-se ao longo de quatro dias e materializou-se numa sucessão de desfiles, cenários, coleções, criadores, manequins…Tudo isto em dois edifícios que, paradoxalmente, congelaram o tempo com a sua extravagante longevidade: o MUDE – Museu do Design e da Moda. Coleção Francisco Capelo, em Lisboa, e o Edifício da Alfândega do Porto. 

A “Timeline” do 31.º Portugal Fashion registou, em cinco dias, 36 desfiles (individuais, duplos e coletivos) com as coleções primavera/verão 2013 de dez criadores consagrados, 16 jovens designers, quatro escolas de moda, sete marcas de vestuário e seis marcas de calçado. Três desses desfiles, com as coleções de seis jovens criadores, realizaram-se na terça-feira, dia 16, em Lisboa. Entre os dias 17 e 20 de outubro, a linha do tempo prosseguiu no Edifício da Alfândega do Porto, numa sequência fabulosa de propostas de moda para a estação quente, sob a chancela de criadores tão conceituados como Alves/Gonçalves, Anabela Baldaque, Dielmar, Fátima Lopes, Felipe Oliveira Baptista, Júlio Torcato, Luís Buchinho, Luís Onofre, Katty Xiomara, Miguel Vieira, Storytailors, entre outras referências da moda portuguesa. Cerca de 22 mil pessoas assistiram aos desfiles do 31º Portugal Fashion, uma assistência cada vez mais especializada, onde se incluem jornalistas, produtores de moda, agentes de compras, representantes da indústria têxtil, entre outros profissionais do setor da moda, nacionais e estrangeiros. 
 
À irreverência das propostas dos designers portugueses para a próxima estação quente juntaram-se as criações do conceituado designer de moda nova-iorquino Michael Bastian – responsável pela sua própria marca de luxo para homem e pelas linhas de homem e mulher da Gant (Gant by Michael Bastian). Aquele que em 2011 foi considerado pelo Council of Fashion Designers of America o melhor designer do ano de roupa masculina cumpriu assim pela primeira vez um desfile na Europa.  “Nas últimas três estações, transferi uma grande parte da produção da minha linha de designer para Portugal e esta é uma excelente oportunidade para mostrar ao mundo a qualidade e a amplitude da capacidade de produção deste grande país. Enquanto designer, Portugal tornou-se um recurso ótimo para criar a minha linha ao mais alto nível”, afirmou o criador. 
 
Mas não ficam por aqui os destaques desta “timeline”. No penúltimo dia do evento, sexta-feira, dia 19, a histórica designer de moda Ana Salazar celebrou 40 anos de carreira no Portugal Fashion. A data foi assinalada com um jantar-festa comemorativo organizado pelo Portugal Fashion, no qual marcaram presença muitos amigos de Ana Salazar, na sua maioria ligados ao mundo da moda ou das artes em geral. 
 
O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal e atualmente financiado pelo QREN, no âmbito do Programa Compete – Programa Operacional Fatores de Competitividade.  
 
26.10.2012